CUIABÁ

CIDADES

Várzea Grande Está Entre as Cidades Com Menor Índice De Focos de Calor.

Publicados

CIDADES

 

Várzea Grande encerrou o ano de 2021 entre os três municípios, sob atuação do Comando Regional 1 do 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, a registrar o menor número de focos de incêndios urbanos. Conforme balanço apresentado pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável (SEMMADRS) e a corporação, os registros passaram de 48 em 2020 para 33 no ano passado, queda anual de 31,25%.

Em 2021, ainda antes do início da temporada de estiagem – que é crítica entre julho e setembro no Estado – a prefeitura e o Corpo de Bombeiros revalidaram a parceria, por meio do projeto de Prevenção e Combate à Incêndios em terrenos urbanos, o PrevQueimadas. “Diante dos resultados satisfatórios já contabilizados em 2020, renovamos a dobradinha de atuação e vamos seguir juntos no combate aos incêndios urbanos. Não temos dúvidas de que o projeto contribuiu para a melhoria da qualidade do ar e segurança à população e ao patrimônio público e privado, nesse período crítico, na medida em que reduziu o tempo resposta, no combate aos pequenos focos de incêndio, na área urbana”, frisou o prefeito Kalil Baracat, que reassumiu o Executivo hoje (24), após duas semanas.

Segundo o balanço, 52% das ocorrências de incêndios em vegetação – durante o período proibitivo – em Várzea Grande, foram realizadas por meio de viaturas e brigadistas do PrevQueimadas. Ainda conforme o 2ª Batalhão, “com o incremento dos recursos do Projeto, o número de ocorrências de incêndios em vegetação, em Várzea Grande, aumentou em 26% na comparação entre os resultados de 2020 e 2021”.

Leia Também:  Covid-19: aulas presenciais já tiveram início em 25% dos Municípios e 95,5% vacinam crianças de 5 a 11 anos

O titular da SEMMADRS, Célio Santos, aponta que nunca é demais lembrar que todo grande incêndio começa com um pequeno foco de calor. “A prefeitura disponibilizou duas caminhonetes equipadas com reservatório de água e um caminhão pipa, com motorista e combustível, insumos decisivos para a obtenção desses resultados. Em 2022 estaremos juntos novamente”.

Santos frisa ainda que embora a Prefeitura Municipal de Várzea Grande esteja atuando ao longo do ano com grande rigor na fiscalização dos terrenos urbanos, como forma de impedir o acúmulo de lixo e, consequentemente, “de combustível para as queimadas”, a ação integrada faz toda a diferença na hora de combater os incêndios. “O tempo de resposta é menor e a atuação é impetrada por especialistas, que são os militares do Corpo de Bombeiros, com suporte do Município”.

Acorizal e Jangada lideram as baixas sobre o número de focos de calor com dois e oitos apontamentos, respectivamente. O Comando atua nos 11 municípios que formam a região Metropolitana de Cuiabá.

‘VG SEGURA’ – As parcerias entre a Prefeitura Municipal de Várzea Grande e o Corpo de Bombeiros não se restringem ao combate às queimadas. No programa ‘VG Segura’, os bombeiros formam brigadistas contra incêndios e primeiros socorros em órgãos públicos e grandes empresas. No âmbito municipal 200 servidores passaram pela capacitação. Atualmente, em cada escola ou creche, há um profissional formado pelo programa.

Leia Também:  Municípios contemplados com emendas especiais devem fazer o aceite

O 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, em Várzea Grande, é referência em busca e resgate com cães, tendo parte de canil atuado na tragédia de Brumadinho (MG), quando os cães ficaram cerca de 100 dias em atuação.

 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

AMM completa 39 anos de fundação e comemora conquistas para os municípios

Publicados

em

Por

A Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM comemora nesta quarta-feira, 4 de maio, 39 anos de fundação. Ao longo dos anos a instituição fortaleceu a sua atuação municipalista e celebra quase quatro décadas de lutas, conquistas e vitórias em defesa dos municípios. Considerada uma referência na luta pelo fortalecimento do municipalismo e pela autonomia dos entes municipais, a AMM se fortaleceu e se consolidou por sua representatividade e pela trajetória de lutas e vitórias.

A instituição atua na defesa dos municípios, liderando e participando de mobilizações para garantir avanços, e também na prestação de serviços técnicos às prefeituras, com publicações no Jornal Oficial, elaboração de projetos, assessoria jurídica, técnica, capacitação, comunicação, serviços de apoio, entre outras atividades.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, ressalta que o principal papel da instituição é buscar mais recursos para os entes municipais, defender os municípios em todas as esferas de governo, perante os poderes constituídos, visando garantir mais autonomia e representatividade aos entes locais. “Nesses 39 anos a AMM tem defendido os municípios e, principalmente, o interesse dos cidadãos, que são diretamente contemplados com o trabalho desenvolvido pelos prefeitos”, frisou, destacando que boa parte das obras que são executadas nas cidades de Mato Grosso são resultado de projetos elaborados pela AMM.

Leia Também:  Municípios contemplados com emendas especiais devem fazer o aceite

Fraga destacou também outros serviços prestados pela Associação e o fortalecimento de parcerias institucionais. “São muitos serviços que nós prestamos para diminuir os custos, as despesas das prefeituras e consequentemente contribuir com os cidadãos. Além disso, a AMM representa os prefeitos perante os poderes e trabalha para fortalecer a parceria com a Assembleia Legislativa, com o Tribunal de Contas, com o Ministério Público, com o Governo do Estado, com o TCU, com as bancadas estadual e federal, com o Congresso Nacional e outros órgãos e instituições”, assinalou.

Fonte: AMM

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA