CUIABÁ

MATO GROSSO

Governo concede mais de R$ 1,4 milhão em microcrédito com garantia do Fundo de Aval

Publicados

MATO GROSSO

A Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso (Desenvolve MT) liberou R$ 1,465 milhão em créditos contratados, com a garantia do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), resultado de uma parceria da instituição financeira estadual com o Sebrae.

Entre fevereiro e 15 de maio de 2022, 123 empreendedores – 101 microempreendedores individuais (MEIs), 15 microempresas e 7 empresas de pequeno porte (EPP) – tiveram acesso facilitado ao crédito em 31 municípios mato-grossenses.

“A expectativa era de liberar R$1 milhão no ano, mas em pouco menos de três meses esse valor foi atingido”, explica Mayran Beckmann, superintendente financeira da Desenvolve MT. 

Genilson Gomes dos Santos foi um dos beneficiados. Há seis anos empreendendo na Oficina do Lanche, em Querência (973 km de Cuiabá no sentido nordeste), ele conta que no ano passado tentou acessar o crédito, mas foi pelo Fampe que conseguiu o valor desejado. 

“Eu apresentei o avalista, mas a garantia não foi o suficiente. O fundo foi o melhor caminho e agora pretendo ampliar e melhorar o meu negócio”, explica Genilson.

Para se destacar no ramo alimentício, o empreendedor tem a intenção de melhorar a estrutura do seu negócio e ampliar a capacidade de atendimento. Ele conta ainda, que pretende separar o caixa, deixando a estrutura do trailer exclusivamente para a produção dos lanches.

Leia Também:  Museu de História Natural passa a ter entrada gratuita aos domingos

Mayran Beckman, da Desenvolve-MT, esclarece que o fundo é um meio de democratização do acesso ao crédito, uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos pequenos empreendedores. “É visível a dificuldade em depender de aval de terceiros para investir no próprio negócio. O acesso ao fundo é uma oportunidade para o empreendedor melhorar o seu negócio e exercer o seu trabalho”, explica. 

A democratização do acesso ao crédito através do Fampe já atingiu diversos municípios no estado em três meses de vigência, contemplando empreendedores de Arenápolis, Barra do Garças, Brasnorte, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Canarana, Colíder, Cuiabá, Feliz Natal, General Carneiro, Guarantã do Norte, Jaciara, Jauru, Juína, Lucas do Rio Verde, Nobres, Nortelândia, Nova Maringá, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Poxoréu, Querência, Rondonópolis, Rosário Oeste, Sapezal, Sinop, Tangará da Serra, Terra Nova do Norte, União do Sul, Várzea Grande e Vila Rica.

Uma outra oportunidade para ampliar ainda mais o acesso ao crédito, pelos empreendedores mato-grossenses, é o MT Garante. O Fundo de Aval do Governo do Estado concederá aval a financiamentos para Microempresas Individuais (MEIs), Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP) e Pequenos e Médios Produtores. O MT Garante está na fase de credenciamento das instituições financeiras interessadas em operacionalizá-lo.

Leia Também:  Dante, um estadista

Fampe – Uma alternativa para empreendedores sem avalistas, o Fundo de Aval do Sebrae pode garantir até 80% de financiamentos entre R$10 mil e R$700 mil, para investimento fixo, capital de giro, ou desenvolvimento tecnológico e inovação.

Para se habilitar ao Fampe, o empreendimento deve estar formalizado, como MEI ou micro e pequena empresa, e pagar uma comissão de Concessão de Aval (CCA) pela sua utilização.

O Fampe não é automático. Para utilizá-lo nas operações de crédito, o empreendimento passará por análise do setor de crédito.

MT Garante

A previsão é de que em 15 de junho, o Fundo de Aval do Governo de Mato Grosso (MT Garante) esteja disponível para os empreendedores interessados em usá-lo como garantia nas operações de crédito. 

O MT Garante poderá avalizar operações de até R$ 70 mil, para MEIs e Pequenos Produtores Rurais; até R$ 200 mil, para Microempresas; e até R$ 300 mil para Empresas de Pequeno Porte e Médios Produtores Rurais.

Em caso de dúvidas, entrar em contato com a Desenvolve MT peloo telefone (65) 3613-7900, pelo WhatsApp (65) 98421-0356 ou no site desenvolve.mt.gov.br

(Com supervisão de Livia Rabani) 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governo de MT assina convênio com a Prefeitura de Sinop para construção da nova unidade da Politec

Publicados

em

Por

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública, assinou, nesta quinta-feira (30.06), convênio com a Prefeitura de Sinop para a construção do novo edifício da Coordenadoria Regional da Politec do município.

O ato foi publicado no diário oficial da última sexta-feira (24.06). Conforme o extrato do convênio, serão destinados R$ 7.357.881,04, sendo R$ 6.768.881,04 dos recursos provenientes do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública, e R$ 589 mil oriundos da Prefeitura de Sinop.

O diretor Geral da Politec, Rubens Sadao Okada, explica que o projeto arquitetônico do novo edifício é moderno e arrojado, inspirado o futuro complexo de Cuiabá, que propõe trazer mais funcionalidade nos serviços ofertados, e que proporcione um ambiente confortável para os servidores e à população.

O projeto prevê a construção de uma sede que reúne todos os serviços prestados pela instituição (criminalística, identificação técnica, e medicina legal),  com área total de 1.403,69 m², e será situada no terreno ao lado na atual sede, localizada na Rua das Ipoméias, Setor Industrial Norte. O prédio atual foi edificado em 1982, e conta com 503,30m², e havia sido reformado e adaptado para instalação da Coordenadoria Regional da Politec.

Leia Também:  Conquista D’Oeste tem mais de R$ 7,6 milhões em investimentos do Governo do Estado

Sua arquitetura é pensada na integração entre os setores para uma melhor comunicação interna, com áreas de trabalhos integradas. Além disso foi concebido toda a estrutura para suporte da demanda atual e futura, fazendo-se assim que a edificação atenda, de forma adequada, a demanda atual assim como a projeção de crescimento da cidade.

Conforme o diretor-geral da Politec, Rubens Sadao Okada, a partir da assinatura deste convênio a instituição tabalhará em conjunto com a prefeitura de Sinop para adiantar o mais breve possível o lançamento do edital de concorrência para a licitação da obra.

Para o diretor, o ato representa um grande avanço e tem como foco a melhor prestação de serviços aos cidadãos. A construção da unidade levou em consideração a alta demanda de perícias e identificações atendidas pela regional, as condições estruturais do prédio e população diretamente atendida.

“As condições atuais do prédio não estavam condizente com o volume de atendimento que prestamos à população. O prédio é muito antigo e não comporta mais reformas, apesar de já termos feito reformas, o ambiente é pequeno e não comporta mais a quantidade de servidores. Trata-se de uma importante coordenadoria em relação à demanda de serviços e ao suporte a todas as gerências que ela abrange, como Alta Floresta, Sorriso e Guarantã do Norte”,disse.

Leia Também:  "Hoje, tenho certeza que o dinheiro de nossos impostos é revertido em estradas, saúde, segurança e educação", destaca Nelson Barbudo, sobre os investimentos do Governo de MT

Abrangência

A Coordenadoria Regional de Sinop atende diretamente 32 municípios, com um total de 706.908 habitantes e possui atualmente 66 servidores lotados na unidade, entre peritos oficiais criminais e médicos legistas, papiloscopistas, técnicos em necropsia, área meio e médicos legistas contratados.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA