CUIABÁ

CUIABÁ

Vereadora propõe passaporte da vacina em Cuiabá

Publicados

CUIABÁ

Edna Sampaio destacou a eficácia deste tipo de medida, já adotada em estados como São Paulo, para minimizar a circulação do coronavírus
 
 

Tramita na Câmara Municipal de Cuiabá projeto de lei de autoria da vereadora Edna Sampaio (PT), apresentado nesta terça (21), que institui o “passaporte da vacina” para estabelecimentos e serviços do setor de eventos (shows, feiras, congressos,  jogos, etc.) de Cuiabá em atividades com lotação superior a 200 pessoas.


Neste caso, deverá ser exigido do público comprovante de imunização completa contra a Covid-19 e serão aceitos como documentos comprobatórios as anotações na carteira de vacinação digital (disponível na plataforma do Sistema Único de Saúde) e no comprovante/caderneta/cartão de vacinação, emitido pela Secretaria Municipal de Saúde e por outras instituições reconhecidas.

De acordo com a proposta, os estabelecimentos que descumprirem a medida serão notificados e poderão ter o alvará suspenso.


O projeto também prevê que sejam concedidas homenagens aos comerciantes que usarem o passaporte de vacinação como critério de acesso dos consumidores em seus estabelecimentos e que realizarem medidas de incentivo à imunização.

Edna Sampaio destacou a eficácia deste tipo de medida, já adotada em estados como São Paulo, para minimizar a circulação do coronavírus.

“É consenso que não podemos obrigar as pessoas a se vacinar, mas, ao mesmo tempo, quem se recusa a tomar vacina não pode pôr em risco a vida e a saúde das demais pessoas, então propomos um PL que visa o controle da vacinação através do passaporte obrigatório para casas de eventos com mais de 200 pessoas e recomendado para bares e congêneres que possam estimular os cidadãos com descontos ou premiações aos vacinados”, explicou ela. 
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  MPF manda investigar sedes da Copa América por 'violação à vida'
Propaganda

CUIABÁ

Se a Justiça o Colocou de Volta é Porque Ele Merece Diz Stopa.

Publicados

em

Por

Vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa (PV) afirmou ter ficado feliz com a decisão do desembargador Luiz Ferreira da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que autorizou a volta do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) ao cargo, nessa sexta-feira (26).

Em conversa com a imprensa neste sábado (27), Stopa avaliou que, “se a Justiça o colocou de volta, é porque ele merece”.

“A Justiça não cometeria qualquer erro, qualquer equívoco. Então, estou feliz e vamos continuar juntos por Cuiabá”, disse.

Emanuel ficou afastado da Prefeitura por quase 40 dias, em razão de medida cautelar determinada no âmbito da Operação Capistrum. Segundo o prefeito, tão logo soube da decisão que autorizava seu retorno, agradeceu a Deus e, em seguida, correu para encontrar Stopa, de quem exaltou a lealdade durante o período.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Equipes da Limpurb atuam em diversas frentes de trabalho
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA