CUIABÁ

CUIABÁ

Emanuel comemora boa condição financeira do Município: “situação privilegiada e resultado de uma ótima gestão fiscal”

Publicados

CUIABÁ

A favorável situação é reconhecida pelo Governo Federal, que tem avalizado os investimento buscados.

O prefeito Emanuel Pinheiro reforçou que, apesar dos impactos causados pela pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Cuiabá continua em uma condição financeira privilegiada. De acordo com o chefe do Executivo, graças a uma política de gestão fiscal responsável, a favorável situação é reconhecida pelo Governo Federal, que tem avalizado os investimentos buscados nas mais diferentes instituições financeiras.

Conforme explicado por Emanuel Pinheiro, a Prefeitura de Cuiabá possui atualmente uma capacidade de endividamento de R$ 2 bilhões. Segundo ele, o planejamento feito ainda no primeiro mandato e que continua sendo aplicado estabelece a aquisição de até 25% do valor total, ou seja em torno de R$ 500 milhões. No entanto, o gestor apontou que, até o momento, o valor levantado é de R$ 200 milhões.

“São R$ 125 milhões do Contorno Leste, R$ 51 milhões do Banco do Brasil, e mais R$ 25 milhões para asfalto. Então, estamos com uma folga muito grande de investimento, com juros acessíveis, prazo de carência de 12 a 24 meses, e um prazo elástico de pagamento, que varia de oito a 10 anos. Isso é condição de financiamento para quem pode e não para quem quer”, relatou em entrevista concedida no sábado (18).

Leia Também:  MT integra campanha nacional de enfrentamento à Sífilis

O prefeito enfatizou que somente um município com boa gestão fiscal possui condições de acessar grandes linhas de crédito em diferentes instituições financeiras. Emanuel citou ainda como exemplo do eficiente trabalho que vem sendo realizado desde o ano de 2017 o respeito ao limite dos gastos com pessoal determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº 101/2000).

“Para se ter uma ideia, a folha de pagamento fechou o último quadrimestre representando 44%. Ou seja, longe do limite prudencial de 52,3% e mais longe ainda do limite oficial que é 54%. Então, é uma situação privilegiada, resultado de uma ótima e estável gestão fiscal e de uma capacidade de endividamento muito grande”, pontuou Pinheiro.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

Se a Justiça o Colocou de Volta é Porque Ele Merece Diz Stopa.

Publicados

em

Por

Vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa (PV) afirmou ter ficado feliz com a decisão do desembargador Luiz Ferreira da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que autorizou a volta do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) ao cargo, nessa sexta-feira (26).

Em conversa com a imprensa neste sábado (27), Stopa avaliou que, “se a Justiça o colocou de volta, é porque ele merece”.

“A Justiça não cometeria qualquer erro, qualquer equívoco. Então, estou feliz e vamos continuar juntos por Cuiabá”, disse.

Emanuel ficou afastado da Prefeitura por quase 40 dias, em razão de medida cautelar determinada no âmbito da Operação Capistrum. Segundo o prefeito, tão logo soube da decisão que autorizava seu retorno, agradeceu a Deus e, em seguida, correu para encontrar Stopa, de quem exaltou a lealdade durante o período.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Juiz manda penhorar carros de Eder Moraes para pagar dívidas com a Justiça
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA