CUIABÁ

capital com maior percentual de obesos

Cuiabá é 2ª capital com maior percentual de obesos

Publicados

CIDADES

Durante o ano de 2020, com o início da pandemia da covid-19 e a necessidade de isolamento social, houve aumento no consumo de bebidas alcoólicas e sedentarismo dos brasileiros. Nesse panorama, Cuiabá é a segunda capital com maior percentual de pessoas obesas no país.

Os resultados foram publicados na pesquisa Doenças Crônicas e Seus Fatores de Risco e Proteção: Tendências Recentes no Vigitel, realizada pelo Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS). Conforme o estudo, a obesidade tem se tornado cada vez mais prevalente nas capitais, atingindo 21,5% dos adultos em 2020. Em Cuiabá, 24% dos adultos se tornaram obesos, atrás apenas de Manaus, com 24,9%. Até 2011, nenhuma capital havia ultrapassado 20%.

Em 2019, a obesidade atingia 20,3% dos adultos nas capitais do País, mas, em 2020, a doença passou a afetar 21,5% deste grupo, com maior prevalência nos Estados do Sul, Sudeste e Nordeste. Mais trabalho, estresse e isolamento colaboraram para a situação, levando a população a beber mais e fazer menos exercícios físicos.

Além disso, a insegurança alimentar também cresceu na pandemia. “Segundo o inquérito populacional sobre a Insegurança Alimentar do VigiSAN, o ano de 2020 se destaca negativamente pelo alto índice de insegurança alimentar: mais da metade dos domicílios tinha insegurança alimentar (55,2%) e 9% conviveram com a fome, situação que se agrava na área rural (12% dos domicílios com fome) e entre desempregados (22,1%)”, diz trecho da pesquisa.

Leia Também:  TJ nega liberdade a PM flagrado vendendo arma a membro de facção

O ano marca a primeira vez que foi feito o levantamento Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) pelo Ministério da Saúde, de onde os dados do IEPS foram extraídos. Foram entrevistadas 27.077 pessoas nesta edição do estudo.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

AMM completa 39 anos de fundação e comemora conquistas para os municípios

Publicados

em

Por

A Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM comemora nesta quarta-feira, 4 de maio, 39 anos de fundação. Ao longo dos anos a instituição fortaleceu a sua atuação municipalista e celebra quase quatro décadas de lutas, conquistas e vitórias em defesa dos municípios. Considerada uma referência na luta pelo fortalecimento do municipalismo e pela autonomia dos entes municipais, a AMM se fortaleceu e se consolidou por sua representatividade e pela trajetória de lutas e vitórias.

A instituição atua na defesa dos municípios, liderando e participando de mobilizações para garantir avanços, e também na prestação de serviços técnicos às prefeituras, com publicações no Jornal Oficial, elaboração de projetos, assessoria jurídica, técnica, capacitação, comunicação, serviços de apoio, entre outras atividades.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, ressalta que o principal papel da instituição é buscar mais recursos para os entes municipais, defender os municípios em todas as esferas de governo, perante os poderes constituídos, visando garantir mais autonomia e representatividade aos entes locais. “Nesses 39 anos a AMM tem defendido os municípios e, principalmente, o interesse dos cidadãos, que são diretamente contemplados com o trabalho desenvolvido pelos prefeitos”, frisou, destacando que boa parte das obras que são executadas nas cidades de Mato Grosso são resultado de projetos elaborados pela AMM.

Leia Também:  Sancionada lei que dá benefícios a servidores da saúde e da segurança pelos serviços durante a pandemia

Fraga destacou também outros serviços prestados pela Associação e o fortalecimento de parcerias institucionais. “São muitos serviços que nós prestamos para diminuir os custos, as despesas das prefeituras e consequentemente contribuir com os cidadãos. Além disso, a AMM representa os prefeitos perante os poderes e trabalha para fortalecer a parceria com a Assembleia Legislativa, com o Tribunal de Contas, com o Ministério Público, com o Governo do Estado, com o TCU, com as bancadas estadual e federal, com o Congresso Nacional e outros órgãos e instituições”, assinalou.

Fonte: AMM

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA